Escolha uma Página

Ombros tensionados, pés cruzados, mãos suadas e olhos inquietos, observando tudo o que tem ao redor. Pois é, não é difícil identificar uma pessoa que tenha medo de dentista.

Na sala de espera ela já demonstra o pavor, pois o corpo fala por si só. Pode parecer engraçado, mas é uma situação bem séria que impede muitas pessoas de cuidarem da sua saúde bucal gerando diversos problemas. Mas é preciso vencer toda essa preocupação e entender que seu dentista só quer ajudar. Veja algumas dicas para você superar esse medo:

1. Determinação. O primeiro passo é decidir que você quer perder esse medo para cuidar melhor da saúde dos seus dentes.

2. Converse com amigos e familiares sobre a indicação de um bom dentista. Visite ao menos 3 profissionais diferentes para tomar uma decisão mais confiante.

3. Leve um amigo com você. As primeiras consultas podem ser feitas com alguém que você confia e que te ajude a se distrair na sala de espera, tirando a ansiedade e trazendo mais alívio.

4. Deixe a primeira consulta para conversar. Confesse seus medos e inseguranças. Isso até ajuda o profissional a lidar com a situação e oferecer um tratamento diferenciado.

5. Tire todas as dúvidas. Você não precisa entender do assunto e seu dentista está lá para isso. Peça que ele explique sobre todos os tratamentos, tempo de duração e demais procedimentos.

6. Antes de começar, combine com o dentista alguns sinais como levantar a mão, caso você sinta dor ou algum desconforto.

7. Ao sentar na cadeira do consultório, pratique um exercício de respiração para acalmar seus nervos.

8. O problema é o barulho do motorzinho? Leve seu aparelho eletrônico com suas músicas preferidas para ouvir durante a consulta.

9. Ao sair da consulta vá comemorar sua superação indo ao cinema ou almoçando em algum lugar bacana. Além de ser um ótimo programa, pode ajudar a associar as consultas com recompensas em vez do medo.