Escolha uma Página

A higienização deve ser feita de maneira adequada, usando escovas de cerdas macias, com movimentos vibratórios ou circulares, higienizando todos os dentes, em todas as superfícies, sempre no sentido gengiva-dente.

– Utilizar creme dental fluoretado, não muito abrasivo;
– Usar fio dental diariamente, movimentando-o vertical e horizontalmente, para remover a placa bacteriana entre os dentes;
– Utilizar limpadores de língua e enxaguatórios bucais, para remover bactérias e purificar o hálito;
– Ter uma dieta balanceada, limitando o consumo de guloseimas, que são altamente cariogênicos, isto é, causadores de cárie;
– Evitar “beliscos” entre as principais refeições, pois geralmente, estes não são acompanhados de uma higienização adequada, além de de dificultarem o restabelecimento de um ph satisfatório na cavidade bucal; – Ingerir 8 copos de água por dia, importante para a manutenção do fluxo salivar, que tem função de limpeza fisiológica da boca;
– Agendar visitar ao dentista regularmente. Somente o dentista é capaz de remover a placa que se forma e fica retida sob a gengiva e o dente, que pode causar a doença periodontal.

É importante também, conversar com seu dentista sobre alterações em sua saúde geral, particularmente doenças recentes ou crônicas, e informá-lo sobre feridas na boca que não cicatrizarem por mais de 2 semanas.